11.03

 Na próxima semana, o GrETUA volta a apresentar a peça de teatro “Contos ao Palco”, condecorada com uma Menção Honrosa no 12.º FATAL – Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa.

 “Contos ao palco” é um projecto de adaptação dramatúrgica de contos vasculhados no universo português. O reavivar e a recriação de memórias de uma tradição esvanecida nos tempos. Um processo contínuo de adaptação e construção micro teatral. A história dentro da história. O que acontece antes de um conto ou o que pode acontecer depois. Assim, o primeiro conto "As Mãos Frias" de Branquinho da Fonseca, explora a morte ligeiramente tratada. Perturbadas vidas representadas, vidas acomodadas e mal-amadas. O segundo conto “A palavra mágica” de Vergílio Ferreira retrata as peripécias da língua enquanto “ser vivo”. A palavra e o triunfo da ignorância.

Liliana Maria Souto Caetano

Vem ao teatro e traz os teus amigos!

 

 

Ficha técnica:

Produção: GrETUA

Encenação: Liliana Caetano

Elenco: Beatriz Mano, Catarina Viegas, Joana Vidal, Lisandra Fernandes, Ricardo Lopes, Rui Ribeiro, Tiago Freitas.

Luz: Pedro Sottomayor

Som: Joana Manso

Design: et cetera

Textos: Vergílio Ferreira e Branquinho da Fonseca

Em cena:

Dias 17, 18, 19, 20, 27, 28, 29 e 30 Março às 21:30h, no espaço GrETUA (edifício I)

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€

Reservas e informações: gretua@aauav.pt

https://www.facebook.com/events/122890414577584/?previousaction=join&ref_notif_type=plan_user_invited&source=1

 




publicado por gretua-aauav às 02:50

27.11

Sinopse:

AMOR, é o nome civilizado que damos ao desejo.

Desejo é um corpo, amor é uma palavra.

Sabemos o que o amor não é, mas nunca saberemos ao certo o que é.

Todos somos imperfeitos no amor. Para o amor estamos sempre atrasados!

Os perfeitos são uma superfície lisa por onde escorregamos e caímos… Perfeitas são as pessoas que ainda não conhecemos. Na vida real somos todos imperfeitos. Quando desconhecemos as imperfeições de alguém, desconhecemos esse alguém e ficamos impedidos de amar.

O amor é a maior imperfeição humana.

Temos de ser felizes por um instante.

Afinal para que serve o amor, se a vida não passa de um instante?

Um fugaz instante…


 

Ficha técnica:

Produção: ASTA

Encenação e dramaturgia: Marco Ferreira (a partir da obra homónima de João Morgado)

Interpretação: Carmo Teixeira, Graça Faustino, José Meira, Sergio Novo

Espaço cénico e vídeo: Marco Ferreira

Figurinos e cenografia: ASTA

Construção de cenografia: João Cantador

Concepção Sonora: Gabriel de Almeida (Gabi)

Desenho de luz: Marco Ferreira

Design gráfico e fotografia: Sérgio Novo

Montagem e operação técnica: João Cantador

Esta criação foi iniciada em residência artística na Casa Grande da Barroca do Zêzere.

Agradecimentos: Sr. Santarém, Rui Garcia, RECIASCENSÃO – reciclagem de sucatas, lda, Álvaro Ascenção, Moagem - Miguel Rainha, Pinus Verde, Rita Carrilho

 

Apresentação: 

Lançamento do livro: Dia 30 de novembro, às 18:00, na GuestHouse (entrada livre)

Espetáculo: Dia 30 de novembro, às 21:30, no espaço GrETUA 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€ 

Reservas: gretua@aauav.pt

As reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, sob pena de serem transmitidas a outras pessoas.



publicado por gretua-aauav às 22:17

30.10

Esta noite fecha portas, janelas e tudo o mais porque se achas que já tiveste medo, acredita que ainda não passaste pela casa do Terror do GrETUA.


 

Casa do Terror: 

Dias 30 e 31 de outubro, 1 e 2 de novembro de 2013, a partir das 22:00, no espaço GrETUA.

Temos visitas a cada 15 minutos.

Fica técnica:

Banda sonora: Alexandre Castro

Luz: Pedro Sottomayor

Cenários: Sara Lança 

Bilhetes:

Entrada: 2€

Bilheteira: 967575615

Reservas: gretua@aauav.pt

O GrETUA adverte que este evento não é recomendado a pessoas suscetíveis, com problemas cardíacos ou epilepsia. Para mais informações, contacta gretua@aauav.pt ou 967575615.



publicado por gretua-aauav às 19:05

19.10

"Os Moonshiners preparam-se para o concerto de lançamento do EP. Este concerto decorrerá no espaço GrETUA no dia 25 de Outubro. Esperamos por todos vocês para uma noite de blues e moonshine.

Cumprimentos, Moonshiners.

Até Sexta."

 

Biografia:

Os Moonshiners são uma banda de blues/rock de Aveiro composta por Victor Hugo (voz e guitarra), Gamblin Sam (voz e harmónica) e Susie Filipe (percurssão).

Ao fim de alguns concertos assumem o seu registo discográfico com o lançamento do 1º EP em 2013. O concerto de apresentação acontecerá no GrETUA (Grupo Experimental de Teatro da Universidade de Aveiro) e está com data marcada para dia 25 de Outubro.

O EP é constituído por 6 músicas: Moonshiners, Everything But You, Broken Eyes, Repent, Another Whisky Another Beer e Ugly Fly. Neste Extended Play participam como músicos convidados Alexandre Mano (baixo) e Miguel Leitão (saxofone).

Para já esperam apresentar este disco pelos palcos do país para divulgar este trabalho.

Entretanto já podem ouvir uma das músicas que constitui o EP - Ugly Fly. http://www.youtube.com/watch?v=yvHGcc_wl1k

 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€

CD: 5€

CD + Bilhete: 6€

Informações e reservas: gretua@aauav.pt



publicado por gretua-aauav às 18:29

18.09

Sinopse:

Há uma lei que domina todas as outras na história da Humanidade: nenhuma instituição vive, se sustenta e se radica senão pelo amor à liberdade.

Um Lugar junto ao mar, nos meados do Séc. XIX, onde 24 personagens, entre nobres, burgueses, comerciantes, usurários, atores, prostitutas e povo trabalhador, falam, discutem, interrogam-se, agem, traem, matam e revoltam-se, e que pela simples descoberta de uma mina de água, lutam por uma Vida mais digna, justa e livre na procura da Felicidade Comum.

Simão - Nós somos livres de construir o nosso caminho.
Julião- E olha agora o que é feito da tua liberdade.
Simão - Mesmo preso sou mais livre do que tu.
Julião- E a tua mãe? E os que morrem por ilusões, sonhos de...
Simão - Mais vale morrer pela liberdade do que ser escravo da tirania.


 

Fica técnica:

Criação Coletiva segundo a Ideia Original e Dramaturgia de Jorge Manoel Fraga.

Direção e conceção cénica: Fraga

Elenco: André Arromba, Andrea Fernandes, Bárbara Correia, Beatriz Mano, Bruna Porto, Carolina Lobão, Daniel Teixeira, David Dias, Doelinguer Reis, Fábio Maricato, Henrique Portela, Joana Vidal, João Peixoto, Margarida Afonso, Mercedes Fernandes, Nuno Jordão, Rita Carmona, Rita Moniz, Rui Ribeiro, Sara Gaspar, Teófilo Monteiro, Teresa Pereira, Tiago Freitas, Vera Freire.

Produção: GrETUA

Desenho de luz: Pedro Sottomayor

Desenho de som e banda sonora: Alexandre Castro

Agradecimentos: ACERT- Tondela; Teatro da Academia – Viseu; Teatro da Trindade - Inatel; CETA – Círculo Experimental de Teatro de Aveiro

Apoios: Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente Ovar

 

Em cena: 

Reposição: De 22 a 26 de setembro de 2013, às 21:30, no espaço GrETUA

 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€ 

Reservas: gretua@aauav.pt

As reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, sob pena de serem transmitidas a outras pessoas.



publicado por gretua-aauav às 16:06

03.07

Sinopse:

Um adolescente, James, acorda, uma manhã, numa prisão sem saber a exata razão por que ali está. E, contando a sua história, descobre que é acusado de homicídio e assim, vai redescobrindo toda a sua vida desde a doença do avô, ao pai que batia na mãe, à admiração pelos filmes violentos, aos falsos amigos, às drogas ou à violência gratuita do grupo a que pertence, no fundo, camuflando a sua própria solidão e a vontade de encontrar algo com que se identifique.

Às Escuras é apenas a história de um adolescente, contada por adolescentes, em que qualquer um deles, em circunstâncias específicas, pode ser um James.

Espetáculo integrado no Projeto PANOS/ Culturgest 2013


 

Fica técnica:

Autor: Davey Anderson

Tradução: Mariana Vieira

Interpretação: Alunos da Oficina Teatro Jovem da Cia do Jogo Afonso Carvalho, Bruna Filipa, Carlos Henriques, Carolina Rodrigues, Dinis Meirinhos, Flora Lopes, Inês Menaia, Joana Almeida, Melanie Marques, Miguel Henriques,Raquel Silva, Tânia Costa

Coordenação do projeto: Tucha Martins

Direção artística: Victor Valente

Apoios à formação: Andrea Gabilondo, David Valente, Isabel Fernandes Pinto figurinos Tucha Martins

Espaço cénico e encenação: Victor Valente

Produção: Companhia do Jogo

Apoio: Cineteatro Alba / Câmara Municipal de Albergaria-Velha Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-velha, Teatro S.João

 

Em cena: 

Dia 5 a 7 de julho de 2013, às 21:30, no espaço GrETUA 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€ 

Reservas: gretua@aauav.pt

As reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, sob pena de serem transmitidas a outras pessoas.



publicado por gretua-aauav às 18:23

21.06

Sinopse:

Um dia sonhei que estava nua num jardim e que cuidadosa e completamente me tiravam a pele como a um fruto. Não ficou nem um resto de pele no meu corpo. Foi toda mas toda retirada com cuidado e só depois me disseram para andar, viver e correr. A princípio movimentei-me devagar, o jardim era tremendamente macio e eu sentia de uma forma precisa o jardim-doçura, o ar doce e os perfumes, como agulhas penetrando todos os meus poros em sangue. Todos os poros estavam abertos e respiravam calor, doçura e cheiros. O corpo totalmente invadido, penetrado, reagindo, a mais pequena célula e poros vivos respirando e tremendo com prazer. Gritei de dor. Corri. E ao correr o vento chicoteava-me e as vozes das pessoas eram chicotes dirigidos a mim.

Ser tocado! Acaso sabem vocês o que é ser tocado por um ser humano?


 

Fica técnica:

Co-produção: TeatrUBI e ASTA

Criação e direção: Rui Pires

Texto: Rui Pires, a partir de A Casa do Incesto de Anaïs Nin

Design gráfico: Sérgio Novo

Desenho de luz: Pedro Fonseca e Rui Pires

Voz-off: Mª do Carmo Teixeira

Guarda-roupa: Sérgio Novo

Co-produção e interpretação: Diana Portela, Gonçalo de Morais, Joana Santos.

 

Em cena: 

Dia 22 de junho de 2013, às 21:30, no espaço GrETUA 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€ 

Reservas: gretua@aauav.pt

As reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, sob pena de serem transmitidas a outras pessoas.



publicado por gretua-aauav às 22:19

10.06

Sinopse:

Incompreendidos e deixados ao acaso numa clínica de repouso, enfrentam as suas fobias. Suaves desarranjos que põem em dúvida toda uma vida. Durante a guerra Sã são deixados como se fossem um estorvo. Sozinhos conquistam liberdade…a liberdade suprema do ser e do livre arbítrio. Está somente nas mãos deles desprenderem-se do egoísmo social.


 

Fica técnica:

Encenação: Liliana Caetano

Elenco: Ana Alves, Ana Razões, Bruna Porto, Cristiana Sengo, Fábio Maricato, Inês Ferreira Guedes, Kaline Barboza, Lídia Nogueira, Maria Soares, Sara Constantino, Sara Gaspar, Viviane Runa

Produção: GrETUA

Luz: Pedro Sottomayor

Som: Alexandre Castro

Grafismos: Pedro Ramos, Fábio Maricato, Maria Soares

 

Em cena: 

Estreia: De 12 a 15 de junho de 2013, às 21:30, no espaço GrETUA

Segunda semana: De 19 a 21 de junho de 2013, às 21:30, no espaço GrETUA

 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€ 

Reservas: gretua@aauav.pt

As reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, sob pena de serem transmitidas a outras pessoas.



publicado por gretua-aauav às 19:38

23.05

É com enorme privilégio que o GrETUA irá receber, a peça "SUICÍDIO COLETIVO COM ENCANTO", de Fernando Dacosta!

É a mais recente produção do grupo Maricastaña, aula de teatro residente em Ourense e pertencente à Universidade de Vigo, que já pairou pelos mais diversos festivais de teatro do país e arredores, e agora fará paragem na singela caixa negra do GrETUA. Não é de perder, marquem nas agendas!

Sinopse:

O paradoxo do título remete-nos para os extremos presentes nesta obra: a morte e a vida. Vidas arruinadas, problemas sem solução aparente, a vida que decorre sem fazer sentido…

Personagens que vêem na morte a única solução juntam-se num seminário de "suicidiologia" por sugestão de uma delas. Deste sairá uma conclusão, tal como é costume nos congressos: participarão num suicídio em grupo, um suicídio colectivo com encanto. É então que começa a diversão, quando se vive cada dia como se fosse o último, quando o "carpe diem" atinge as pessoas e a alegria e a explosão vital afloram na humanidade.

Vamos descobrindo o que esconde cada personagem numa viagem desde a Galiza até à ponta mais setentrional da Europa. Uma mulher-polícia vai procurar entender o que traz entre mãos este excêntrico exército comandado por um coronel, uma directora de uma empresa e uma vice-reitora. Tudo isto temperado por um humor latente, que chega por vezes a ser humor negro, durante toda a obra.

 

Fica técnica:

O encenador:

Fernando Dacosta (1969) é licenciado em Filologia Hispânica. É um homem impaciente mas que tem um grande amor pelo seu trabalho, algo que descreve como uma constante descoberta. Fez a sua formação em Teatro na companhia a que hoje pertence, a Sarabela. É encenador, desde 1995, da Aula de Teatro Universitária "Maricastaña", campus de Ourense, um dos grupos de teatro universitário mais relevantes de Espanha. O grupo participa regularmente no FATAL, desde 2000.

O autor:

Arto Tapio Paasilinna (20 de Abril de 1942, Kittilä, Finlândia) é um escritor finlandês que adquiriu uma grande notoriedade internacional e está traduzido em 27 línguas. Estudou jornalismo na General and Elementary School Line na Lapland Folk Academy. Inicialmente optou por se dedicar ao jornalismo mas após uns anos a exercer a profissão, classificou-a como "cada vez mais superficial e sem sentido". Em 1975, escreve o livro The Year of the Hare que se viria a tornar um sucesso e que ainda hoje é a sua obra de maior sucesso com várias traduções e adaptações cinematográficas. Actualmente ainda escreve textos jornalísticos e é cronista numa rádio finlandesa.

Cenografia, dramatorgia e encenação: Fernando Dacosta

Interpretação: Marcos Vázquez, Yu Estévez, Patricia Figueiras, Pablo Maijide, Nuria Paz, Samuel Cardoso, Alberto Medeiros, Alba Núñez, Alicia Fraga, Victoria Álvarez, Noelia Rodríguez, Alba da Estevadinha, Reyes Mangue, Iván Davila, Sandra Al Ca, Daniel Vázquez e Paco Daza

Assistente de encenação: María Díaz

Luzes e adereços: José Manuel Bayón e Rubén Dobaño

Guarda-roupa e acessórios: Tegra

Desenho musical: Renata Codda Fons

Cartaz e programa: Pablo Otero

Processo criativo:

O espaço.

Pneus, um ciclorama, os acessórios essenciais.

Pneus que fazem de autocarros, casa, lago, restaurante, quinta… Tudo e nada numa viagem iniciada desde as cavernas do desespero à vida resistente. O vestuário.

Em branco, preto, cinza, creme... Para o mínimo funcional e próprio dos personagens.

As transições.

Rápidas, apoiadas numa luz cenográfica que enquadra e situa a acção. Trocas que permitem um ritmo "in crescendo", levado ao limite pelos personagens. Música que cria atmosfera, com uma composição em directo, ilusionismo, equívoco, evoluções e involuções.

As emoções em jogo, tudo a nu, o pranto, o desespero, a loucura, o riso, o afecto, o humor, a ternura...

 

Em cena: 

Dia 27 de maio de 2013, às 21:30, no espaço GrETUA

 

Bilhetes:

Estudante: 3€

Geral: 4€ 

Reservas: gretua@aauav.pt

As reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, sob pena de serem transmitidas a outras pessoas.



publicado por gretua-aauav às 21:09

15.05

Depois de duas semanas de espetáculo em Aveiro, "Liberdade ou Morte", a nova produção do GrETUA, parte para o FATAL, onde atuará dia 16.

Sinopse:

Há uma lei que domina todas as outras na história da Humanidade: nenhuma instituição vive, se sustenta e se radica senão pelo amor à liberdade.

Um Lugar junto ao mar, nos meados do Séc. XIX, onde 24 personagens, entre nobres, burgueses, comerciantes, usurários, atores, prostitutas e povo trabalhador, falam, discutem, interrogam-se, agem, traem, matam e revoltam-se, e que pela simples descoberta de uma mina de água, lutam por uma Vida mais digna, justa e livre na procura da Felicidade Comum.

Simão - Nós somos livres de construir o nosso caminho.
Julião- E olha agora o que é feito da tua liberdade.
Simão - Mesmo preso sou mais livre do que tu.
Julião- E a tua mãe? E os que morrem por ilusões, sonhos de...
Simão - Mais vale morrer pela liberdade do que ser escravo da tirania.
 

Fica técnica:

Criação Coletiva segundo a Ideia Original e Dramaturgia de Jorge Manoel Fraga.

Direção e conceção cénica: Fraga

Elenco: André Arromba, Andrea Fernandes, Barbara Correia, Beatriz Mano, Carolina Lobão, Daniel Teixeira, David Dias, Fábio Maricato, Henrique Portela, Joana Vidal, João Peixoto, Margarida Afonso, Mariana Martins, Mercedes Fernandes, Nuno Jordão, Rita Carmona, Rita Moniz, Rui Ribeiro, Teófilo Monteiro, Teresa Pereira, Tiago Castro, Tiago Freitas, Vera Freire, Viviane Runa.

Produção: GrETUA

Desenho de luz: Pedro Sottomayor

Desenho de som e banda sonora: Alexandre Castro

Agradecimentos: ACERT- Tondela; Teatro da Academia – Viseu; Teatro da Trindade - Inatel; CETA – Círculo Experimental de Teatro de Aveiro

Apoios: Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente Aveiro

 

Em cena: 

Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa: 16 de maio de 2013, às 21:30 no Teatro da Politécnica - Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Rua da Escola Politécnica 56/58, 1250-102 Lisboa).

 

Bilhetes:

Onde comprar:

Teatro da Politécnica - Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Rua da Escola Politécnica 56/58, 1250-102 Lisboa)

Dias úteis, das 17h às 21h30; sábados e domingos a partir das 17h.

Público em geral: 5€

Estudantes e profissionais da área do espetáculo: 4€

Informações e reservas: 

Reservas até às 18h da véspera do dia do espectáculo, ou até às 18h de sexta-feira (caso o espectáculo tenha lugar durante o fim-de-semana) mediante lotação da sala.

Os bilhetes reservados terão que ser levantados até meia hora antes do início do espectáculo.

Reitoria - Núcleo Cultural do Departamento de Estratégia e Relações Externas

Tel.: +351 210 113 406 fatal@reitoria.ul.pt



publicado por gretua-aauav às 17:57


Bem-vindo(a) ao GrETUA!

Um grupo de alunos com um grande desejo de fugir à rotina dos estudos teve a brilhante ideia de criar um grupo de teatro que, em 1980, apresenta a sua primeira peça.


Desde então, o GrETUA - Grupo Experimental de Teatro da Universidade de Aveiro - tem vindo a desenvolver diversas atividades, como oficinas, workshops, cursos de iniciação, teatros de rua e outras produções teatrais.

Fala connosco

Se gostas de teatro e te pretendes juntar ao GrETUA ou pretendes entrar em contacto connosco por qualquer outra razão, envia-nos um e-mail para gretua@aauav.pt. :-)

Direção

Coordenadora: Joana Vidal
Responsável Financeiro: João Peixoto
Vogais: Joana Manso; Carolina Lobão; Sara Constantino; Inês Guedes; Jorge Malafaia